FUNDOS DE INVESTIMENTOS

Qual a forma mais econômica para o município. A previdência própria (RPPS) ou o regime geral (RGPS)?

Segundo dados da ANEPREM – Associação Nacional das Entidades de Previdência Municipal, o percentual médio de contribuição dos municípios para o regime próprio é de 14% (http://aneprem.org.br), enquanto o do regime geral é de 21%. Percebamos que se trata de uma média. Essa informação somente será precisa com o cálculo atuarial do próprio município. Além disso, a manutenção de um regime próprio não é apenas uma questão de ordem financeira. Existe uma responsabilidade gerencial que o Município, uma vez instituindo, deve assumir, como garantir bons resultados e velar pelo equilíbrio atuarial.

No caso específico do nosso Município o percentual de contribuição do servidor para o IPRETU é de 11%, ficando inclusive abaixo da média levantada pelo ANEPREM.